Farol da Nossa Terra – Governo diz que não vai fazer investimentos na barragem do Lapão
quinta-feira, 20 julho 2017

Política — Quarta-feira, 14 Dezembro 2011 — 1 Comentário

Governo diz que não vai fazer investimentos na barragem do Lapão

lapão.png

Em resposta à pergunta dos deputados do PS eleitos pelo círculo de Viseu sobre a reabilitação da barragem do Lapão, em Mortágua, o governo respondeu que não irá efectuar qualquer investimento na respectiva infraestrutura.

“Isto é grave, pois, como se sabe, esta barragem constitui uma ameaça para as populações a jusante em caso de chuva torrencial que venha a obstruir o actual canal de escoamento” – diz o deputado Acácio Pinto a esse respeito. Acrescenta: “Para além disso, o governo mente na sua resposta porquanto diz que os orçamentos de estado anteriores não tinham verbas para tais obras quando se sabe que o de 2011 previa verbas plurianuais (para 2011 e seguintes) no sentido de executar tais obras”.

Para confirmar tal facto, remete atenção para a resposta  dada ao deputado Hélder Amaral no início de 2011 em que se referem as verbas previstas no OE (clicar).

“Além de tratar um problema grave com ligeireza, e direi, mesmo, irresponsabilidade política, o governo ainda mente sobre os factos”, refere Acácio Pinto.

RESPOSTA

Um Comentário

  1. Atento diz:

    Estes senhores deputados do PS têm memória muito curta. Durante anos e anos do (des) governo do sr socrates nada fizeram, hoje sentem-se como damas ofendidas a tentar mostrar trabalho somente para o eleitorado ver. A barragem do lapão é de facto um bom exemplo de como a culpa morre sempre solteira em Portugal. Durante estes 9 anos nada se fez para apurar responsabilidades, desde os defeitos de construção à ineficiente fiscalização da obra, que sofreu alterações ao projecto inicial sem serem fiscalizadas. Eu ainda hoje me interrogo para que é que serve uma barragem daquelas? Já que se pressupõe que estaria associada a um sistema de regadio (que não existe) afim de irrigar os 300 e tais hectares de zona agrícola do vale do reguengo. Qual o interesse de construir uma barragem se depois não existe verba para a construção do tal sistema de regadio?? Quem é que paga a manutenção da referida barragem?? Claro que será quem utilizar a água. Será que a relação custo/beneficio compensa??? Estas serão questões que se devem colocar antes de pensar em recuperar um elefante branco que é a barragem do lapão. Se não vejamos: Recuperar a barragem segundo orçamentos de 2010 irá custar a módica quantia de 4,8 milhões de euros: O sistema de regadio cerca de 10 milhões de euros, dinheiro que o governo anterior não tinha e que este parece que também não ter. Pergunto-me eu. Não será mais vantajoso retirar o entulho e esquecer de vez a reconstrução da referida barragem. Antes de decidir-mos o que fazer vejam o que sucede com a barragem de macieira, que não apresentando (para já) qualquer deficiência de construção e estando na sua capacidade máxima não serve para mais nada do que represar alguns milhões de metros cúbicos de água, a sua utilização para a agricultura é zero. Na minha opinião que vale aquilo que vale, penso que seria preferível remover os escombros da barragem e Mortágua ser compensada noutros projectos agrícolas de que insistir por duas vezes no mesmo erro.

Deixe um Comentário


Cronistas
Agenda
Agenda completa
Comentários Recentes
Últimos comentários