Farol da Nossa Terra – Boa impressão dos pais dos alunos na visita ao novo Centro Educativo Nun’Álvares de Carregal do Sal
quinta-feira, 17 agosto 2017

Escolas — Terça-feira, 11 Setembro 2012 — 1 Comentário

Boa impressão dos pais dos alunos na visita ao novo Centro Educativo Nun’Álvares de Carregal do Sal

IMG_9878.JPG

Não podia ter sido melhor a primeira impressão dos encarregados de educação das crianças que vão estrear o Centro Educativo Nun’Álvares, em Carregal do Sal, neste novo ano lectivo, o qual passa a concentrar o 1.º ciclo básico e a educação pré-escolar das freguesias de Currelos, Parada, Papízios, Oliveira do Conde e Sobral, fazendo encerrar as escolas e jardins-de-infância espalhados pelas povoações destas freguesias.

Numa visita a este grandioso estabelecimento escolar, um bom exemplo de modernidade, dotado de óptimas instalações e modernos equipamentos, hoje ocorrida, da parte da manhã, a convite da Câmara Municipal e do Agrupamento de Escolas, os encarregados de educação inteiraram-se do modo como o transporte dos alunos se processa e das condições que o Centro Educativo oferece aos alunos e professores, muito superiores, mesmo incomparáveis, às que tinham nas escolas de cada povoação.

Muitos dos pais fizeram a viagem de autocarro na companhia dos filhos, apercebendo-se assim melhor do trajecto que os autocarros dos transportes escolares percorrem, enquanto outros preferiram deslocar-se em viatura própria. Desse modo, a partir das 08h30 verificou-se um corrupio de trânsito em redor do Centro Educativo, dificultado já pela ocupação dos estacionamentos existentes, maioritariamente, por viaturas dos professores, educadores, auxiliares e funcionários daquele estabelecimento. O próprio comandante do posto da GNR de Carregal do Sal, sargento Jorge Ferreira, ocupou-se do controlo do trânsito, juntamente com um subordinado. Enquanto isso, à chegada de cada autocarro, António Ribeiro, chefe da Divisão Administrativa da Câmara Municipal, e Fernando Queiroz, fiscal da empresa de camionagem Marques, procediam ao controlo da lotação dos autocarros e do cumprimento dos horários.

Na recepção às crianças e aos encarregados de educação marcaram presença o presidente da Câmara Municipal, Atílio Nunes, o vice-presidente da Câmara, Luís Fidalgo, a vereadora Joana Lopes, o director do Agrupamento de Escolas, Hermínio Marques, e o presidente da Junta de Freguesia de Currelos, António Pinto. Também Fernanda Ribeiro, técnica da Secção de Obras da Câmara Municipal, acompanhou a recepção, partilhando dos elogios que o presidente da Câmara ia ouvindo.

Ocupando lugar nas salas distribuídas aos filhos, os pais assistiram às informações que os respectivos professores e educadoras transmitiram acerca das actividades escolares e do modo como vai funcionar este novo ano lectivo. Cada criança exibia um crachá de identificação, com o seu nome e o número da respectiva sala, para facilitar o seu encaminhamento no caso de se perder na imensidão destas novas instalações.

Por todo o lado, era notório o contentamento das crianças e dos encarregados de educação, deixando perceber – tendo isso até sido bastante exteriorizado – que o lamento pelo fecho das escolas das suas terras, afinal, estava agradavelmente compensado com as óptimas instalações, o conforto e as melhores condições de ensino do Centro Educativo. “Vou daqui com o prazer de não ouvir falar mal a ninguém desta obra, só ouvi coisas boas dos pais, dos professores e dos funcionários” – disse o presidente da Câmara a esta reportagem, em final da visita.

Segundo confirmou o director do Agrupamento de Escolas, esta visita dos encarregados de educação serviu para aferir os transportes, os horários e os percursos e para conhecerem as salas de aulas e das outras actividades. Hermínio Marques informou ainda que na manhã da próxima sexta-feira, dia 14, será feito outro teste, este sem os encarregados de educação, mas já com a refeição do almoço, passando tudo a funcionar em pleno no dia 17, segunda-feira.

O Centro Educativo

Imagem 018.jpgO Centro Educativo Nun’Álvares é uma obra monumental de cerca de três milhões e meio de euros, que deriva da reconstrução e ampliação do antigo edifício do extinto Colégio Nun’Álvares, aliando o passado ao futuro, e que vai funcionar como pólo onde se centralizam variadas funções, tanto de âmbito educativo e formativo como sociais, lúdicas, culturais, etc.

A organização de todo o complexo assenta na criação de vários núcleos funcionais distintos, dando resposta adequada às actividades próprias de cada grupo etário, salvaguardando a privacidade de cada um deles e permitindo, em simultâneo, o relacionamento e a utilização de espaços de apoio comuns.

É constituído pelo edifício principal (aulas), por um edifício complementar (cantina e administração), por anexos e recreio exterior. Tem capacidade máxima para 680 crianças, sendo 317 do 1.º ciclo do ensino básico (EB1), distribuídas por 16 salas de aula; e184 da educação pré-escolar (Jardim-de-infância), distribuídas por 9 salas de actividades.

O recreio exterior é constituído por diferentes zonas interligadas que permitem actividades distintas e simultâneas, onde se destacam os recreios cobertos, os recreios ao ar livre, o campo de jogos e os parques lúdicos. O Centro Educativo dispõe ainda de um edifício polivalente, edificado a partir de edifícios existentes requalificados, mas objecto de ampliações. Este edifício polivalente é constituído por um ginásio, com respectivos espaços complementares, e por um campo exterior, dispondo ainda de instalações sanitárias de apoio.

O recinto do Centro Educativo é totalmente vedado de forma eficaz, através de muro e gradeamento, garantindo-se no entanto a transparência visual. Os custos da obra cifram-se em 3.357.627.41 euros, correspondendo 2.862.268,11 euros ao edifício principal e 495.359,30 euros ao polidesportivo. A estes valores, comparticipados pelo Governo em 80%, há a acrescentar os custos dos equipamentos.

Lino Dias

Um Comentário

  1. Carlos Amaral diz:

    Tive a oportunidade de visitar em Outubro de 2012 aquando do II Encontro de Antigos Alunos, juntamente com os meus colegas. Tivemos o privilégio de uma visita guiada por duas excelentes e simpáticas senhoras que nos “aturaram” na hora de descanso das mesmas! Apesar de estar bastante diferente do original, tenho que dar os parabéns à Edilidade de Carregal do Sal por finalmente ter recuperado tão importante e histórico espaço e de uma forma que me pareceu bastante sóbria e com muito bom aproveitamento. As crianaças desse Concelho estão de parabéns também.

Deixe um Comentário


Cronistas
Agenda
Agenda completa
Comentários Recentes
Últimos comentários