A MÚSICA NOS TEMPLOS

LUZ CANÁRIO

Luz Canário.jpg.

Quem está ligado às novas formas de comunicação, frequentemente recebe vídeos com coros a cantarem em templos religiosos, que nos transportam para ambientes celestiais, ambientes de paz, perfeição e alegria.

Muitas pessoas têm também a oportunidade de viver esses ambientes quando assistem a Celebrações onde existem esses coros. Há paróquias que têm bons coros, outras que não têm, mas convidam-nos quando querem que a Celebração tenha mais solenidade e até mais espiritualidade. Sim, porque um coro formado por boas vozes, com letras bem sugestivas, transporta  quem o ouve para um mundo angelical.

As vozes têm de se ouvir, as letras dos cânticos têm de se entender, a música tem de ser um suave acompanhamento.

Durante 25 anos conduzi  um desses coros. Às vezes bastavam duas ou três vozes.  Muitas vezes cantavam acompanhadas por um órgão, mas também cantaram acompanhadas só por uma viola, ou só por ferrinhos, ou por uma flauta, ou por um pau de chuva, ou mesmo só à capela. O importante é a voz, a mensagem que a letra quer transmitir e a dignidade com que se transmite.

Fico verdadeiramente horrorizada quando vou participar numa Celebração realizada numa capela de dimensões muito reduzidas, sem nenhumas condições acústicas,  e o coro é acompanhado por uma banda. Não sei como é que os Senhores Padres aguentam. Penso que o fazem para não entrarem em conflito com os promotores de uma tradição que revela profunda insensatez. O que vale é que os Senhores Padres só “levam com esse berreiro” pelas festas, se não ficavam completamente surdos!

As bandas podem tocar muito bem, terem bons músicos e bons cantores, mas dentro de uma capela demasiado pequena, elas perdem toda a beleza e musicalidade porque não há condições acústicas. Elas são óptimas para acompanhar as procissões, imprimem-lhe beleza e ritmo, o som esvai-se pelo ar fora, dão alegria a todos os espaços envolventes, e mesmos as pessoas mais afastadas voltam-se para a procissão e sentem o momento. As bandas também têm o seu espaço e o seu grande momento nos coretos! Quem não gosta de os ouvir e ver aí ?

Uma boa banda também tem o seu lugar dentro de Igrejas ou Capelas preparadas acusticamente para as receber.

Mas dentro de capelas demasiado pequenas, penso que  fere na vez de embelezar.

Quando as capelas não têm condições há que contratar um coro. Há muitos coros bonitos, alguns bem próximos das paróquias, formados por gente mais ou menos jovem e bastante acessíveis economicamente. Uns não tiram o lugar aos outros, têm apenas funções diferentes.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*