Farol da Nossa Terra – HINO DE VILA DO CONDE
segunda-feira, 24 abril 2017

Teixeira da Silva — Terça-feira, 27 Dezembro 2016 — 1 Comentário

HINO DE VILA DO CONDE

TEIXEIRA DA SILVA  

Teixeira da Silva.JPG

.

VILA DO CONDE é uma cidade com cerca de 28640 habitantes no seu perímetro urbano. Também é a sede de um município, fundado em 1516, atualmente com a área de 149,03 quilómetros quadrados e, pelo recenseamento do ano de 2011, 79.533 habitantes em permanência, o que equivale a uma densidade populacional de 533,70 habitantes/quilómetro quadrado. O concelho é composto por vinte e uma freguesia e tem como orago São João Baptista. 

Não será um grande erro se afirmarmos que é um dos concelhos que maior número de desportistas viu nascer; isto sem desprimor para um “grande” das letras – JOSÉ MARIA DOS REIS PEREIRA, que todos conhecem simplesmente como JOSÉ RÉGIO.

O hino adotado para representar o concelho trata-se de uma homenagem às rendilheiras de bilros, que por esta zona proliferavam em larga escala e onde ainda se podem encontrar no pleno exercício dessas “obras de arte” à porta das suas próprias casas. Essa merecida homenagem, intitulada “Canção da Rendilheira” e transformada numa espécie de hino oficial de Vila do Conde,  foi criada por um ilustre filho da terra e grande benemérito, o Doutor Artur da Cunha Araújo, e tem música de Carlos Alberto Leal.

.
.

RENDILHEIRAS QUE TECEIS

AS LINDAS RENDAS Á MÃO

EU DOU-VOS SE VÓS QUEREIS

POR ALMOFADA O CORAÇÃO.

.

FREIRAS DE SANTA CLARA

LINDAS MONJAS FEITICEIRAS

HÁ RESTOS DA VOSSA GRAÇA

NA BOCA DAS RENDILHEIRAS.

.

REFRÃO

.

Ó VEM Á MINHA JANELA

QUE A NOITE ESTÁ BELA

VEM VER O LUAR,

LINDA RENDILHEIRA

DEIXA A TRAVESSEIRA,

VEM ME OUVIR CANTAR..

.

Respigado por:

TEIXEIRA DA SILVA, AJ

Gondomar, Porto, Portugal

Um Comentário

  1. Carlos Pontes diz:

    O Dr. Artur da Cunha Araujo não era natural de Vila do Conde.

Deixe um Comentário


Cronistas
Agenda
Agenda completa
Comentários Recentes
Últimos comentários