Farol da Nossa Terra – Assembleia da Filarmónica de São João de Areias aprovou contas e plano de actividades e elegeu o elenco directivo para 2017/2018
segunda-feira, 24 abril 2017

Filarmónicas — Segunda-feira, 20 Março 2017 — 0 Comentários

Assembleia da Filarmónica de São João de Areias aprovou contas e plano de actividades e elegeu o elenco directivo para 2017/2018

Filarmónica S. João de Areias.pngReunida no dia 12 de Março, pelas 19h00, a Assembleia Geral da Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias aprovou as contas do ano 2016 e o plano de actividades para 2017 e elegeu o elenco directivo para o biénio 2017/2018, por unanimidade dos 32 associados presentes.

Apresentadas e descritas pelo presidente da Direcção, Vítor Borges, e pelo tesoureiro, Sérgio Simões, as contas do exercício do ano 2016 apresentaram totais de 60.094,58 euros em receitas, incluindo um empréstimo (sócio) de 4.200,00 euros, e de 61.304,16 euros em despesas, incluindo pagamento de empréstimo bancário no valor de 17.361,39 euros. A estes totais de receitas e despesas, correspondeu um saldo positivo de 963,95 euros.

Nos habituais agradecimentos da Direcção, foi feito agradecimento especial a todos os músicos, aos membros dos órgãos directivos, ao grupo Fãs da Filarmónica e às instituições, empresas e pessoas que nestes dois últimos anos concederam subsídios, patrocínio, donativos e colaboração à Filarmónica, nomeadamente: Fundação Lapa do Lobo, Câmara Municipal de Santa Comba Dão, Junta de Freguesia de São João de Areias, IPDJ, INATEL, Ribadão, HUF Portuguesa, Pais – Reparações, Carpinova, Edições Convite à Música, Musicsom, Centro Paroquial de São João de Areias, Lar de Idosos São José, Conservatório de Música e Artes do Dão, Padaria J. Duarte, Jornal Defesa da Beira, blog Farol da Nossa Terra e Gerrit Kulik.

Para a eleição do novo elenco directivo, apenas foi apresentada lista por parte da Direcção, mantendo Lino Ferreira Dias e Vítor Antonino Borges na presidência da Assembleia-geral e da Direcção, respectivamente, pelo sexto mandato consecutivo, e passando Manuela Abrantes de secretária a presidente do Conselho Fiscal. A mais significativa alteração de directores em relação ao elenco anterior, com a seis substituições na Direcção, deve-se ao facto de muitos músicos quererem fazer parte da mesma, rodando assim os mesmos nessa oportunidade.

Além dos serviços da Banda em festas profanas e religiosas, de concursos, concertos e festivais, da continuidade da escola de música e das suas audições, de convívios de angariação de fundos, do festival das sopas, de práticas desportivas e recreativas, o plano de actividades para 2017 contempla também o intercâmbio musical e cultural com a Filarmónica Recreio de Santa Bárbara (Ilha Terceira), acolhendo 80 pessoas daquela freguesia açoriana numa estadia de oito dias em São João de Areias, de 03 a 10 de Agosto. Da mesma forma que a Filarmónica de São João de Areias se deslocou, em Agosto de 2015, a Santa Bárbara no âmbito das comemorações dos seus 140 anos, também aquela Filarmónica faz a sua deslocação a São João de Areias em âmbito idêntico, estando agora a comemorar os 140 anos de existência. O orçamento previsional apresentou 72.800,00 euros de receitas e igual valor de despesas.

No ponto final de outros assuntos, foi lida a descrição dos valores angariados pelo sócio Manuel Silveira Lopes para a feitura da partitura “Ruelas de Coimbra”, que a Banda Filarmónica irá estrear no concerto de Domingo de Pascoela, fazendo aquele sócio questão de que os respectivos contributos ficassem registados em acta da reunião. Os contributos foram feitos por Manuel Silveira Lopes (50€), Bernardino Gonçalves (50€), Alexandrino Neves (50€), Vasco Mendes (30€), António Correia (30€), Manuel Alves (30€), Lino Dias (20€), Manuel Figueiredo (20€), Alcina Pinto Neves (20€) e Francisco Santos (20€). O remanescente do custo da partitura reverte a favor da Filarmónica.

O presidente da Assembleia Geral elogiou a iniciativa daquele sócio na altura em que prestou também reconhecimento ao valioso trabalho desenvolvido pela Direcção, pelo grupo Fãs da Filarmónica, pelos músicos e pelo maestro durante o mandato cessante, expressando ainda votos de que esse trabalho continue a prestigiar a Filarmónica e a sua Banda e a honrar a freguesia e o concelho. Além disso, enalteceu a dedicação do porta-bandeira António Alves e do cobrador de quotas António Narciso, propondo que ali fossem distinguidos com um voto de louvor, que viria a ser aprovado por unanimidade.

Ao pedir a palavra, o sócio José Monteiro realçou que das direcções que passaram pela Filarmónica “poucas ou nenhumas se apresentou como esta” em termos de “dinâmica e poder de decisão”.  Afirmando que “jamais pode haver uma Direcção como o que esta tem feito”, incentivou os sócios a apoiá-la e a tributarem-lhe um aplauso. Após esse aplauso, também Serafim Rodrigues, “como sócio e como presidente da Junta de Freguesia”, conforme sublinhou, felicitou a Direcção, os sócios que a ajudam e o grupo de Fãs pelo trabalho que têm feito, realçando a importância que a Filarmónica tem na freguesia, quer a nível cultural quer a nível de entretinimento e formação de muitos jovens, assim como o bom nome que leva a todo o lado, levando-o a concluir com a afirmação de que muito se orgulha de ter sido executante da sua Banda.

Ainda antes de o presidente da Mesa declarar o encerramento da sessão, Vítor Borges agradeceu o reconhecimento do trabalho da Direcção e lembrou que foi com muito esforço e a muito custo que, desde 2007, se conseguiu estimular os jovens até conseguirem um trabalho que a todos orgulha e os faz sentir felizes por serem a alma da Filarmónica. Por fim, pediu ajuda aos sócios no apoio à logística de acolhimento da Filarmónica de Santa Bárbara.

.

Lino Dias

ASSEMBLEIA-GERAL

Presidente – Lino Ferreira Dias

1.º Secretário – Maria Conceição Alves Fernandes Borges

2.º Secretário – Marco António Mendes Correia

DIRECÇÃO

Presidente – Vítor Antonino Simões Borges

Vice-Presidente – Miguel Ângelo Antunes Henriques

1.º Secretário – Sónia Marisa Correia Alves

2.º Secretário – Ana Sofia Moreira Gomes

Tesoureiro – Sérgio António Ferreira Simões Tavares

Vogal – Beatriz de Castro Frias

Vogal – Luís Carlos Borges Pinto

Vogal – Diogo José Silva Ribeiro

Vogal – Ana Rita Dias Rodrigues

Vogal – Sara Alexandra Rodrigues Antunes

Vogal –  Ana Beatriz Dias Rodrigues

CONSELHO FISCAL

Presidente – Manuela Abrantes

Secretário – António Pais da Costa Neves

Relator – António Alves dos Santos

Deixe um Comentário


Cronistas
Agenda
Agenda completa
Comentários Recentes
Últimos comentários