5.º Festival de Jazz de Viseu apresentou-se numa emissão de rádio ao vivo

unnamed (6).jpgA programação para o 5.º Festival de Jazz de Viseu, que se realiza entre 18 e 23 de julho, foi apresentada esta terça-feira (27 Jun.) na Praça da República. Com a presença de Ana Bento e Joaquim Rodrigues da Associação Cultural Gira Sol Azul, entidade organizadora e da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Viseu, Dr.ª Odete Paiva, foi Catarina Machado, do interior da Rádio Rossio, quem começou as apresentações fazendo desse momento o seu próprio programa.

A Rádio Rossio apresentou-se como sendo um dos projetos de destaque na edição deste ano: uma caravana intervencionada para receber radialistas e fazer emissões ao vivo a partir de locais inusitados. Durante os seis dias do Festival, de 18 a 23 de Julho, acontecerão emissões com interlocutores de todo o país. Para lá deste projeto, a programação de concertos continua forte. Com artistas internacionais que este ano em território português atuam exclusivamente em Viseu e o topo dos músicos nacionais que também eles fazem parte do circuito internacional: Kinga Glyk, Dominique Di Piazza e Xantoné Blacq são alguns dos nomes internacionais aos quais se juntam André Santos, Bode Wilson, Sara Serpa e André Matos. Também a orquestra Coreto (Porta Jazz)  promete fazer uma excelente abertura do Festival, que acontecerá​ no Museu Nacional Grão Vasco. João Mortágua, distinguido como músico do ano pela Festa do Jazz do São Luiz, ​é outro dos destaques com a apresentação do seu mais recente projeto Axes.

A Vereadora da Cultura, Odete Paiva, preferiu sublinhar a forma como o “festival habita a cidade” através dos concertos na Pediatria do Hospital S. Teotónio, na Feira Semanal, na Escadaria Santo Agostinho e em percursos pelas ruas do centro histórico. Referindo-se a uma parceria com o Conservatório de Música da Jobra que permitirá levar o jazz às pessoas. Dando continuidade ao mote do festival “Que Jazz É Este?” o fim-de-semana é povoado de jazz e outros géneros músicais, Carbon trará pop, Minta & The Brook Trout folk, Galo Cant’as Duas experimental e Malaboos rock. O encerramento caberá a MoFrancesco Quintetto. Todos estes concertos realizam-se​ ​no Parque Aquilino Ribeiro, que volta a ser o epicentro deste Festival receberá um mercado e ainda uma instalação de Ana Seia de Matos e Raquel Balsa com o intuito de criar zonas de fruição com várias componentes interativas distribuídas por 7 módulos.

Por fim, as formações tornam a fazer parte da espinha dorsal deste projeto com o 9.º Workshop de Jazz de Viseu, uma Masterclass de Saxofone e um estágio da Viseu Big Band que culminara​m em concertos no próprio festival.


Festival de Jazz Viseu

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*