Intercâmbio Cultural de Filarmónicas entre São João de Areias e Santa Bárbara – 8.º Dia em São João de Areias

Foi tão curta a permanência das gentes de Santa Bárbara em São João de Areias neste oitavo dia (10 de Agosto) que praticamente se limitou à dormida de quarta para quinta-feira e ao pequeno-almoço na sede da Filarmónica, partindo os autocarros às 07h00 para o Aeroporto Sá Carneiro (Porto), de onde o avião para a Ilha Terceira levantou voo às 12h30.

Se as despedidas na noite do dia anterior, após o concerto das duas bandas, já reflectiam tristeza e saudade, as deste último dia redobraram de emoção, com lágrimas à mistura, e muita vontade de que este pacto de amizade e união continue a florescer e a encher corações de ternura e alegria, aumentando o desejo de um breve reencontro.

Mais do que esta afirmação de quem se deu ao cuidado de relatar, à sua maneira, de forma objectiva, um pouco do que se passou em cada dia da estadia da Filarmónica de Santa Bárbara em São João de Areias, falam as mensagens e os comentários que têm vindo a ser publicados no Facebook, dizendo algumas:

– «7 dias de novas amizades, viagens, música e diversão. Elogiar a organização e o convite para esta experiência. Grandes memórias e fotografias de 1700. Obrigado por estes belos dias.» (Gerrit Kulik, de Vila Dianteira)

– «E agora a parte mais dolorosa! A saudades já apertam… São os pequenos gestos, que demonstram o Amor entre as pessoas… Um grande bem haja a todos vocês e um até já.» (Elsa Tavares, de Tábua)

– «Foi cansativo mas com grande satisfação que o fizemos malta. Já estou com saudades desta adrenalina.» (Manuela Abrantes, de Castelejo)

– «K tenham uma boa viagem, foi espetacular a estadia deles na nossa terra, adorei o concerto de ontem, assim como todas as atuações que fizeram. Bjinhos para todos e voltem.» (Conceição Rodrigues, de São João de Areias)

– «Parece que ainda ontem chegaram e já estão de regresso a Santa Bárbara. Estou grata pela amizade e pelos bons momentos que passámos juntos, que um dia se voltem a repetir cá ou aí. Um desejo apenas: que levem o vosso coração tão cheio quanto eu trouxe o meu em 2015, de regresso a Sja. Beijinhos e abraços a todos.» (Filipa Alves, de Póvoa dos Mosqueiros)

– «queríamos agradecer a todos os amigos de S João de Areias todo o carinho e dedicação que nos prestaram durante a nossa estadia lá, foram dias maravilhosos que nunca serão esquecidos, ficam grandes amizades para a vida, um muito, muito, muito obrigada a todos, espero que nos voltemos a juntar e na terceira, na Canada do Manuel Vieira nº 25 está uma porta sempre aberta para qualquer um de vós que por lá passe, beijinhos e abraços grandes para todos, até um dia.» (Ilda Mendes Eduardo, de Santa Bárbara)

– «Muito obrigada a todos por esta semana fantástica, foi mesmo uma semana para nunca mais esquecer vão ficar todos para sempre no nosso coração. Bjs» (Cindy Borges, Santa Bárbara)

– «De partida mas de coração cheio, obrigada por tudo.» (Anabela Ormonde, Santa Bárbara)

– «Obrigada a todos, sem exceção, pelos momentos, risadas, sustos tb, e os concertos e ensaios! Adorei muito. Obrigada!» (Nádią Nunes, Santa Bárbara)

– «Muito obrigado por tudo o que fizeram por nós, um forte abraço para todos.» (Frank Bretão, Santa Bárbara)

– «Cansados mas de coração cheio. Até breve malta…a malta de Sta Bárbara agradece por tudo a todos. Vemo-nos brevemente.» (Helder Alves, Santa Bárbara)

– «Muito obrigado por tudo, foi uma semana fantástica com muita alegria e matar saudades de todos vocês. Um passeio para nunca mais esquecer, já estamos com saudades.» (Helena Borges, Santa Bárbara)

– «Uma semana fantástica, aonde fomos muito acarinhados e um passeio fantástico para nunca mais esquecer. Beijinhos e já estamos com saudades de todos. Um bem haja e até um dia.» (Helena Borges, Santa Bárbara)

– «Os amigos devem ser como o dinheiro, cujo valor já conhecemos antes de termos necessidade deles. E isto não é um adeus é um até já.» (Gabriel Brass, de Santa Bárbara)

– «“Mês amigues”, não podia passar sem dizer umas coisinhas, poucas: viagem fantástica com gente fantástica e comida fantástica! Obrigado a vocês, aos nossos, às cozinheiras, a todos os que participaram neste magnífico convívio! Desculpem alguma coisa! Beijinhos e a Ilha Terceira continua à espera que a visitem de novo!» (Valéria Sousa, de Santa Bárbara)

– «Quero mais uma vez agradecer a disponibilidade que tiveram comigo e todo o grupo de S. Barbara que vos visitou e os bons momentos que nos proporcionaram que nunca mais serão esquecidos e também mais uma vez que visitam a Ilha Terceira há a porta aberta na Canada Manuel.» (Hélio Teresa Vieira, de Santa Bárbara)

– «Muito obrigado a todos por tudo!!!» (Basílio Borges, de Santa Bárbara).

Foram sete dias fantásticos, fruto de uma excelente organização, de muito trabalho, muito empenho, muita boa vontade, puro bairrismo e forte espírito de entreajuda. O resultado, como afirmou Hélio Vieira, presidente da Junta de Freguesia de Santa Bárbara, “melhor não podia ser”.

À frente de todo um conjunto de directores, colaboradores, apoiantes e amigos estiveram Vítor Borges, presidente da Direcção, e Sérgio Tavares, tesoureiro, liderando a organização deste intercâmbio cultural com enorme capacidade e uma entrega insuperável. Justiça lhes seja feita, merecem altos encómios e fundado reconhecimento, o que aqui fica expresso publicamente neste registo do presidente da Assembleia Geral, crente de que nele engloba igual reconhecimento de todos os sócios da Filarmónica.

Fica ainda o reconhecimento a todos quantos contribuíram para o sucesso do acontecimento e, por consequência, para o bom nome de São João de Areias e da sua Filarmónica. Justo também lembrar a impossibilidade de o porta-bandeira António Alves dos Santos e de a “fã” Maria João Alves darem o seu apaixonado contributo de apoio à organização, devido a recentes problemas de saúde, sem os quais, de certeza, se teriam entregue com energia e paixão a colaborar em tudo o que estivesse ao seu alcance, conforme provas dadas em sucessivas ocasiões. Estariam na linha da frente, onde se destaca a permanente e preponderante acção de Conceição Borges e Sónia Alves e das cozinheiras “fãs da Filarmónica”.

O povo de Santa Bárbara e a sua Filarmónica merecem também uma referência de simpatia e supremo enaltecimento, reconhecendo-se a honra que deram a São João de Areias neste relacionamento social e à Filarmónica desta vila na demonstração da competência da sua Direcção..

Lino Dias

Fotos de: Elsa Tavares

2 Comments

  1. Testemunhos de reconhecimento, de amizade, de partilha entre pessoas, que comungam da mesma cultura de valores que encurtecem distâncias ,ultrapassam barreiras e se unem num abraço para a vida e para a posteridade histórica, entre coletividades e povos.Obrigada São João de Areias, Um Abraço de Santa Bárbara.

  2. Amigo, Sr. José Gabriel: É isso mesmo, e que o Amigo descreve tão bem. Também nós estamos muito gratos a Santa Bárbara, pois proporcionaram-nos coisas maravilhosas e uma amizade sincera e duradoira. Um grande abraço. Lino Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*