GNR: Furto de esmolas em igreja, fruto em residência e posse de armas ilegais

Sernancelhe – 2 Detidos por furto de esmolas em igreja 

O Comando Territorial de Viseu, através do  Núcleo de Investigação Criminal de Moimenta da Beira, no dia 5 de novembro, deteve em flagrante delito um homem e uma mulher, com idades compreendidas entre os 45 e os 48 anos, por furto em caixa de esmolas no interior da Igreja da Nossa Senhora da Lapa, em Sernancelhe.

Os militares da GNR, após serem informados de que estaria a ocorrer um furto no interior da igreja, deslocaram-se de imediato ao local, tendo detido os dois indivíduos, os quais tinham na sua posse 182 euros em numerário, sendo-lhes ainda apreendido diversos material utilizado na prática do furto.

Os detidos foram constituídos arguidos e, depois de presentes ao Tribunal Judicial de Moimenta da Beira, foi-lhes aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

A ação contou com o apoio de militares dos Postos Territoriais de Moimenta da Beira, Penedono e Sernancelhe.

 

Resende – Identificados por furto em residência

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Lamego, hoje, dia 9 de novembro, identificou dois homens, com 18 e 24 anos, por furto em interior de residência, na localidade de São Martinho de Mouros, Resende.

Como resultado da investigação, que teve origem na denúncia do furto há cerca de um mês, foi efetuada uma busca domiciliária, onde foi apreendido o seguinte material:

  • Um computador portátil;
  • 18 peças em ouro.

Os bens apreendidos foram já entregues ao seu proprietário.

A ação contou com o apoio de militares do Posto Territorial de Resende.

 

Castro Daire – Detido por posse de armas ilegais

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Viseu, hoje, dia 9 de novembro, deteve um homem de 47 anos por posse de armas ilegais, em Castro Daire.

A operação, efetuada no âmbito de uma investigação por posse de armas ilegais que durava há dois meses, culminou com uma busca domiciliária que permitiu apreender:

  • Duas armas de alarme;
  • Uma pistola de alarme transformada em arma de fogo;
  • Um revólver;
  • 140 munições;
  • Uma matraca.

O detido foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*