BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DAS CALDAS DAS TAIPAS – 0306

TEIXEIRA DA SILVA  *

Teixeira da Silva.JPG

.

CALDAS DAS TAIPAS é uma vila termal desde 19 de junho de 1940, que corresponde territorialmente à freguesia vimaranense de Caldelas. Tem a área total de 2,69 quilómetros quadrados em que habitam em permanência (recenseamento do ano de 2011) cerca de cinco mil e setecentas pessoas de ambos os sexos, o que transporta à densidade populacional bastante elevada de 2.127,5 habitantes/quilómetro quadrado. O território é conhecido pela sua indústria de cutelaria e por aqui se situar a “Ara do Trajano”, monumento escultórico natural. O orago da freguesia é o São Tomé.
.
A ASSOCIAÇÃO HUMANITÁRIA DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DAS CALDAS DAS TAIPAS é o corpo de bombeiros que presta auxílio na área das freguesias de Balazar, Barco, Briteiros (Santa Leocádia, Santo Estevão e São Salvador), Caldelas, Corvite, Donim, Figueiredo, Gondomar, Leitões, Longos, Oleiros, Ponte, Prazins (Santa Eufémia e Santo Tirso),  Sande (São Clemente, São Lourenço e São Martinho, Vila Nova de Sande, Souto (Santa Maria e São Salvador). Toda inserida no concelho de Guimarães, esta área foi estabelecida pelos decretos-leis número 38439, de 27 de setembro de 1951 e número 10/85, de 31 de outubro, dimanados pela Inspeção Regional de Bombeiros do Norte.
Diz o historial desta associação que em 03 de maio de 1887 houve uma reunião de alguns cidadãos das Caldas das Taipas preocupados com a segurança e o bem estar dos habitantes daquela povoação. Nessa reunião foram aprovados os estatutos que iriam conduzir a associação. No dia 30 do mesmo mês e ano, JOÃO MACHADO PINHEIRO CORREA DE MELLO, o primeiro visconde de Pindela, que era o Governador Civil do Distrito de Braga, aprovou esses estatutos com pequenas alterações.
Foi assim que nasceu a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas das Taipas, a qual se encontra no ano comemorativo do centésimo-trigésimo aniversário.
Tem o seu quartel sede na Rua Primeiro de Maio (antiga Rua Nova dos Bombeiros). A corporação é constituída por cento e quarenta bombeiros e possui um acervo de quarenta viaturas, considerando-se toda a tipologia existente, em que se incluem dois botes de borracha para socorro a náufragos e apoio à área fluvial.
.
(Baseado in “Para Além Doutro Oceano”, by C. Pacheco)
.

* Gondomar, Porto, Portugal

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*