Silvexplor venceu o VI Torneio de Futsal+30 do Núcleo Sportinguista de Carregal do Sal

Iniciado no dia 15 de Setembro, o VI Torneio de Futsal+30 do Núcleo Sportinguista do Concelho de Carregal do Sal, destinado a desportistas com mais de 30 anos de idade, só chegou a fim na passada quinta-feira, 30 de Novembro, fazendo excepção à habitual disputa de jogos à sexta-feira.

Contou com a participação de dez equipas, sendo seis do concelho de Carregal do Sal (ADEF; ARDFT; Dream Toca; Galeria de Sabores; New Team; Pizaria Calabria/Veteranos Carregal do Sal), três do concelho de Mortágua (ACRD Felgueira; Silvexplor; Veteranos Vale de Açores), e uma do concelho de Nelas (Barriga da Bola).

A equipa Barriga da Bola, de Canas de Senhorim, chegou à final pelo terceiro ano consecutivo, só que desta vez não renovou a conquista do torneio, perdendo com a equipa Silvexplor, de Cortegaça, por 1-3, numa partida em que os jogadores das duas equipas revelaram qualidade técnica à altura da sua condição de finalistas, mas vindo ao de cima um maior rigor táctico da equipa mortaguense.

A equipa vencedora utilizou os seguintes jogadores: João Ventura, João Coelho, Marco Pestana, Hugo Ribeiro, Nuno Pestana e Mauro Morais. A formação vencida apresentou-se com Guilherme Cardoso, Óscar Marques, Simão Simão, Carlos Pinheiro (Zézé), Filipe Figueiredo, Rui Mota Veiga, Bruno Costa (Patrício) e Miguel Loureiro. Os golos foram obtidos por João Coelho, Marco Pestana e Nuno Pestana, da Silvexpor, e por Simão Simão, da Barriga da Bola.

Antes, disputou-se na mesma noite o jogo de apuramentos dos 3.º e 4.º classificados, entre as equipas da ARDFT, de Fiais da Telha, e do New Team, de Carregal do Sal, de que saiu vencedora a equipa de Fiais da Telha por 5-4, após prolongamento para desempate da igualdade de 3-3 verificada no fim do tempo regulamentar.

Houve apenas apuramento de classificação para aquelas quatro equipas (do 1.º ao 4.º lugar), recebendo troféu correspondente, enquanto que às restantes equipas foi atribuído prémio de participação. O prémio fair-play foi atribuído à equipa Dream Toca, de Fiais da Telha. Os habituais prémios individuais contemplaram Daniel Santos (melhor jogador), Rui Veiga (melhor guarda-redes) e Daniel Morgado (melhor marcador). Também os árbitros Vítor Amor e Tiago Francisco receberam prémio de participação. Arbitraram todos os jogos do torneio, o que é revelador da confiança que organização depositou nesta equipa de arbitragem. Sem presença de qualquer individualidade, os prémios foram entregues por directores do Núcleo Sportinguista.

Coube a José Figueiredo, presidente da Direcção, os agradecimentos finais, dirigidos às equipas, aos árbitros e aos patrocinadores Euroralex e Óptica Médicas das Beiras, estendidos ainda à Câmara Municipal pela cedência do pavilhão.

Lino Dias

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*