Grupo Folclórico D’ Alegria voltou a abrir o ciclo de convívios natalícios no concelho de Carregal do Sal

No sábado, 02 de Dezembro, centena e meia de pessoas participaram na Ceia de Natal com que o Grupo Folclórico D’ Alegria de Vila Meã voltou a abrir o ciclo de convívios natalícios das associações do concelho de Carregal do Sal, aliada à inauguração do seu grandioso presépio artístico.

Concluído a meio da tarde por José António Ribeiro e familiares, e exposto no Largo de S. Domingos, principal praça da aldeia, o presépio é novamente atracção de muitos visitantes durante a época natalícia, agora reforçado com mais imagens em movimento.

Iniciado às 19h30, com lugar no pavilhão-sede do rancho, a Ceia de Natal, como de costume, teve o tradicional bacalhau cozido com batatas e couves como prato principal da farta e saborosa refeição, confeccionada na cozinha do próprio pavilhão por elementos femininos do Grupo D’ Alegria, com apoio de habituais colaboradoras. A ementa contou ainda com entradas de torresmos e azeitonas, sobremesas de filhoses e bolos, bebidas diversas e, finalmente, o saboroso café da brasa, acompanhado de bolos secos de leite e azeite de confecção caseira.

A nível de autarcas, registou-se a presença de Cristina Borges, vereador da Câmara Municipal de Carregal do Sal, e António Borges, presidente da Junta de Freguesia de Oliveira do Conde, os quais foram convidados a usar da palavra depois de Fernanda Ribeiro, presidente da direcção do rancho, ter proferido os respectivos agradecimentos e considerações adequadas ao momento, inclusive o trabalho e a habilidade de seu pai na execução do presépio e também o empenho de toda a sua equipa de directores e colaboradores na actividade do rancho. Fernanda Ribeiro recordou a tragédia dos incêndios do passado mês de Outubro ao dirigir um agradecimento especial à presença do presidente da direcção dos Bombeiros de Carregal do Sal e de um grupo de socorristas da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Oliveira do Conde.

Como habitualmente, reinou ali ambiente de espírito natalício e de apreciada confraternização, a que não faltou o tradicional “Pai Natal”, que correspondeu à expectativa e ao entusiasmo dos mais novos com a distribuição de rebuçados, chocolates e prendas às crianças presentes. Também os sócios tiveram novamente direito à sua prenda natalícia (garrafa de champanhe e bolos secos).

Acolhendo o convite de Fernanda Ribeiro, muitos dos convivas passaram pelo Largo de São Domingos, depois da ceia, para apreciar o presépio do Grupo Folclórico D’Alegria, uma atracção que irá, como noutros anos, atrair muita gente a Vila Meã.

Lino Dias

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*