Ruas de Carregal do Sal encheram-se de colorido e alegria no desfile de carnaval do Agrupamento de Escolas

Cerca de 500 crianças, acompanhadas pelo respectivo corpo docente e auxiliares de educação, encheram as ruas de Carregal do Sal de colorido, fantasia e muita alegria na tarde de sexta-feira, 09 de Fevereiro, com o grandioso desfile de Carnaval do Agrupamento de Escolas do ano lectivo 2017/2018.

O desfile foi participado por 286 crianças do 1.º ciclo e 167 do pré-escolar, cerca de uma centena de professores e educadores, aos quais se juntaram duas dezenas de utentes do Núcleo da Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral (APPC) de Oliveira do Conde e três crianças da creche da Santa Casa da Misericórdia de Carregal do Sal, acompanhados dos respectivos cuidadores.

Chegou a temer-se que houvesse tempo chuvoso, mas o sol brilhou, fazendo realçar ainda mais a beleza, a criatividade e a elegância dos trajes exibidos pelas crianças e acompanhantes, colhendo viva admiração das muitas pessoas, talvez dois milhares, espalhadas ao longo do percurso.

Como tem sucedido nos últimos anos, foi percorrida a artéria central da vila, desde o Centro Educativo até à Praça do Município, desviando junto à Farmácia Moderna para contornar o parque do Julgado de Paz (antiga Câmara). Os passeios estavam pejados de gente, tornando a imponência e a espectacularidade do cortejo mais exuberante.

Agrupadas por turmas, e desfilando por esta ordem, as crianças da educação pré-escolar do Centro Educativo exibiram as seguintes fantasias: mimos (25 da turma A); alice e bunny no país das maravilhas (20 turma E); chineses (25 turma D); bombeiros (24 turma B); fantocheiros (25 turma C); e mochos (20 turma F). O jardim-de-infância de Cabanas de Viriato vestiu de pipocas (28 turmas G e H).

A nível do 1.º ciclo, as crianças do Centro Educativo usaram as seguintes fantasias: aranhas (41 do 1.º ano); elefantes (59 do 2.º ano); harry potter (67 do 3.º ano); cozinheiros (56 do 4.º ano). As crianças do 1.º ciclo da Escola Básica Aristides de Sousa Mendes (Cabanas de Viriato) apresentaram-se fantasiadas de jardineiros (63).

Chegados à Praça do Município, passaram junto à entrada dos Paços do Concelho, onde eram aguardados por Rogério Abrantes (presidente da Câmara), José Batista (vice-presidente) e os vereadores Cristina Borges, Óscar Paiva e Toni Ribeiro, que tinham acabado de terminar a reunião do executivo camarário daquele dia.

Viaturas da Associação do Carnaval de Cabanas de Viriato e da Filarmónica daquela vila deram apoio ao desfile com o som que marcou o ritmo musical. A GNR voltou a ter preciosa colaboração na regularização do trânsito, garantindo que tudo decorresse sem incidentes.

“Foi uma maravilha!” – disse o professor Carlos Martelo, adjunto de director do Agrupamento de Escolas e coordenador do desfile, em depoimento que lhe foi solicitado. Acrescentou: “Pela quantidade que se viu, esta é a actividade que mais pessoas mobiliza. É já uma tradição, as pessoas vivem isto, é bom para elas, é bom para toda a gente!”.  Relativamente aos trajes, afirmou: “Estavam maravilhosos. As nossas funcionárias, as nossas assistentes operacionais, as senhoras professoras e as senhoras educadoras capricharam, primaram pela originalidade, estão de parabéns». Informou ainda, a par da vereadora Cristina Borges, que a iniciativa teve apoio da Câmara Municipal com a disponibilidade de autocarros para transporte das crianças e das empresas Texla, Euroralex e Borgstena com a oferta do tecido para a confecção dos trajes. A confecção foi feita pelas professoras, educadores e assistentes operacionais, sendo algumas mesmo costureiras. O Centro Educativo dispõe de máquinas de costura para o efeito, o que levou Carlos Martelo a realçar: “Aqui, nas redondezas, não sei onde é que estará uma escola básica tão bem apetrechada!”.

Por sua vez, José Batista, vereador com o pelouro da Educação, afirmou: “É uma actividade que nos dá prazer apoiar e dá-nos prazer ver esta moldura humana a viver o carnaval. Quer queiramos quer não, constitui a semente para o grande carnaval do concelho, o carnaval de Cabanas, e, digamos assim, é espevitar os instintos carnavalescos dos nossos meninos, dos nossos docentes e dos nossos auxiliares”. Em termos de qualidade, disse que havia trajes muito bem conseguidos, tinham “um impacto de conjunto bastante bom”. Solicitado a falar da importância que a autarquia atribui à iniciativa, respondeu: “É sempre importante quando há junção dos munícipes em prol de um determinado fim, por um determinado propósito, em harmonia, em alegria, em divertimento, em confraternização, e neste caso é o carnaval, a Câmara só pode estar satisfeita e louvar este tipo de iniciativas, que acabam por trazer gente de outros concelhos até aqui, o que também é muito importante para o nosso concelho».

VÍDEO AQUI

Lino Dias

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*